quarta-feira, 29 de junho de 2011

Depois de algum tempo...


Você aprende a diferença, a sutil diferença, entre dar a mão e acorrentar uma alma. E você aprende que amar não significa apoiar-se, e que companhia nem sempre significa segurança. E começa a aprender que beijos não são contratos e presentes não são promessas. E começa a aceitar suas derrotas com a cabeça erguida e olhos adiante, com a graça de um adulto e não com a tristeza de uma criança.

E aprende a construir todas as suas estradas no hoje, porque o terreno do amanhã é incerto demais para os planos, e o futuro tem o costume de cair em meio ao vão. Depois de um tempo você aprende que o sol queima se ficar exposto por muito tempo. E aprende que não importa o quanto você se importe, algumas pessoas simplesmente não se importam... E aceita que não importa quão boa seja uma pessoa, ela vai feri-lo de vez em quando e você precisa perdoá-la, por isso. Aprende que falar pode aliviar dores emocionais.

Descobre que se levam anos para se construir confiança e apenas segundos para destruí-la, e que você pode fazer coisas em um instante das quais se arrependerá pelo resto da vida. Aprende que verdadeiras amizades continuam a crescer mesmo a longas distâncias. E o que importa não é o que você tem na vida, mas quem você tem na vida. E que bons amigos são a família que nos permitiram escolher. Aprende que não temos que mudar de amigos se compreendemos que os amigos mudam, percebe que seu melhor amigo e você podem fazer qualquer coisa, ou nada, e terem bons momentos juntos.

Descobre que as pessoas com quem você mais se importa na vida são tomadas de você muito depressa, por isso sempre devemos deixar as pessoas que amamos com palavras amorosas, pode ser a última vez que as vejamos. Aprende que as circunstâncias e os ambientes tem influência sobre nós, mas nós somos responsáveis por nós mesmos. Começa a aprender que não se deve comparar com os outros, mas com o melhor que pode ser. Descobre que se leva muito tempo para se tornar a pessoa que quer ser, e que o tempo é curto. Aprende que não importa onde já chegou, mas onde está indo, mas se você não sabe para onde está indo, qualquer lugar serve. Aprende que, ou você controla seus atos ou eles o controlarão, e que ser flexível não significa ser fraco ou não ter personalidade, pois não importa quão delicada e frágil seja uma situação, sempre existem dois lados.

Aprende que heróis são pessoas que fizeram o que era necessário fazer, enfrentando as conseqüências. Aprende que paciência requer muita prática. Descobre que algumas vezes a pessoa que você espera que o chute quando você cai é uma das poucas que o ajudam a levantar-se.

Aprende que maturidade tem mais a ver com os tipos de experiência que se teve e o que você aprendeu com elas do que com quantos aniversários você celebrou. Aprende que há mais dos seus pais em você do que você supunha. Aprende que nunca se deve dizer a uma criança que sonhos são bobagens, poucas coisas são tão humilhantes e seria uma tragédia se ela acreditasse nisso.

Aprende que quando está com raiva tem o direito de estar com raiva, mas isso não te dá o direito de ser cruel. Descobre que só porque alguém não o ama do jeito que você quer que ame, não significa que esse alguém não o ama, contudo o que pode, pois existem pessoas que nos amam, mas simplesmente não sabem como demonstrar ou viver isso.
Aprende que nem sempre é suficiente ser perdoado por alguém, algumas vezes você tem que aprender a perdoar-se a si mesmo. Aprende que com a mesma severidade com que julga, você será em algum momento condenado. Aprende que não importa em quantos pedaços seu coração foi partido, o mundo não pára para que você o conserte. Aprende que o tempo não é algo que possa voltar para trás.

Portanto... plante seu jardim e decore sua alma, ao invés de esperar que alguém lhe traga flores. E você aprende que realmente pode suportar... que realmente é forte, e que pode ir muito mais longe depois de pensar que não se pode mais. E que realmente a vida tem valor e que você tem valor diante da vida!"

PS: Faltam 8 dias, *-*
Beeeeijos, Iasmim Lins  :*

segunda-feira, 27 de junho de 2011

preste atenção...



Podemos acreditar que tudo que a vida nos oferecerá no futuro é repetir o que fizemos ontem e hoje. Mas, se prestarmos atenção, vamos nos dar conta de que nenhum dia é igual a outro. Cada manhã traz uma benção escondida; uma benção que só serve para esse dia e que não se pode guardar nem desaproveitar.
Se não usamos este milagre hoje, ele vai se perder.
Este milagre está nos detalhes do cotidiano; é preciso viver cada minuto porque ali encontramos a saída de nossas confusões, a alegria de nossos bons momentos, a pista correta para a decisão que tomaremos.
Nunca podemos deixar que cada dia pareça igual ao anterior porque todos os dias são diferentes, porque estamos em constante processo de mudança.
Paulo Coelho

quarta-feira, 22 de junho de 2011

15 days...(yn)



Iasmim: - Quem nunca sonhou com um mundo encantado, com castelos, princesas, príncipes em seus cavalos brancos... Um verdadeiro Mundo Mágico! E todos sabemos que o mais próximo que temos disso é o famoso Walt Disney World, literalmente um mundo cor-de-rosa... *-*
Larissa: - SUA Disney é isso! ¬¬’
- : O E a SUA Disney é o que?
-  A minha Disney começa com a minha liberdade e só termina... bem, quem disse que termina?
- kkkkk, É por isso que nós vamos juntas! õ/
- Claro. E você lembra como tudo começou? .-.
- Yes! Começou no final da sexta série, com a gente planejando uma SUPER festa, onde eu entraria ao som de MILEY CYRUS... T.T
- AND dançaria CAMP ROCK no final, o.o TÁ VENDO? A Disney sempre esteve presente em nossas vidas!
- Vale ressaltar que tínhamos APENAS E SOMENTE 12 anos! x.x Ah, mas qual a criança que nunca falou uma besteira? Aposto que você também tem um passado bem podre! Hump*
- Err, quem nunca foi para o colégio com a blusa por dentro da calça, sendo que a cintura da calça ia parar no pescoço! Ah, mainha... ¬¬’
- Não se entregue, Larissa! Kkkk’ Mas voltando ao assunto... O motivo de estarmos fazendo esse post é porque faltam apenas #15days para os 18 dias mais perfeitos das nossas vidas.
- E é claro que queremos compartilhar esses momentos inesquecíveis com vocês. *-* (tentando entender o porquê da Iasmim está falando com a garrafa de coca-cola nesse exato momento, o.o )
- Depois de um dessas eu ficava calada... (Laiza)
- Eu só estava tentando ter inspiração, pelo menos não sou eu que está falando com a vassoura, ú.ú
- Isso deixa bem claro que vocês são duas lesas! ¬¬’ (Laiza)
- SAI DAQUI, LAIZAò.ó
- Ah, fiquem fazendo esse bregueço ai, que eu vou brincar que tem mais futuro! :* Eddie, meu nêgo! Chegue mais! *-*
- EEEI, LARGA EDDIE! ELE É TODO MEU! :@ ...
(Fight now)
- o.o  Ok. Enquanto elas se matam por causa de Eddie... (Coca-cola me ajude!) ... Eu ia dizer que estávamos muito ansiosas pela viagem e blábláblá, mas realmente se eu não sai agora, vou perder o #ippon! õ/ No próximo post vocês descobrem quem conquistou o coração de EDDIE!

PS: Disney aí vamos nós! õ/\õ

        Beijos Galerinha do Bad,
                     Iasmim e Larissa. :*

Participação especial de Laiza Sobral, 7 anos.

segunda-feira, 20 de junho de 2011

Vantagens de ser bobo...


O bobo, por não se ocupar com ambições, tem tempo para ver, ouvir e tocar o mundo. O bobo é capaz de ficar sentado quase sem se mexer por duas horas. Se perguntado por que não faz alguma coisa, responde: "Estou fazendo. Estou pensando." 
Ser bobo às vezes oferece um mundo de saída porque os espertos só se lembram de sair por meio da esperteza, e o bobo tem originalidade, espontaneamente lhe vem a idéia.
O bobo tem oportunidade de ver coisas que os espertos não vêem. Os espertos estão sempre tão atentos às espertezas alheias que se descontraem diante dos bobos, e estes os vêem como simples pessoas humanas. O bobo ganha utilidade e sabedoria para viver. O bobo nunca parece ter tido vez. No entanto, muitas vezes, o bobo é um Dostoievski.
Há desvantagem, obviamente. Uma boba, por exemplo, confiou na palavra de um desconhecido para a compra de um ar refrigerado de segunda mão: ele disse que o aparelho era novo, praticamente sem uso porque se mudara para a Gávea onde é fresco. Vai a boba e compra o aparelho sem vê-lo sequer. Resultado: não funciona. Chamado um técnico, a opinião deste era de que o aparelho estava tão estragado que o conserto seria caríssimo: mais valia comprar outro. Mas, em contrapartida, a vantagem de ser bobo é ter boa-fé, não desconfiar, e portanto estar tranqüilo. Enquanto o esperto não dorme à noite com medo de ser ludibriado. O esperto vence com úlcera no estômago. O bobo não percebe que venceu. 
Aviso: não confundir bobos com burros. Desvantagem: pode receber uma punhalada de quem menos espera. É uma das tristezas que o bobo não prevê. César terminou dizendo a célebre frase: "Até tu, Brutus?"
Bobo não reclama. Em compensação, como exclama!
Os bobos, com todas as suas palhaçadas, devem estar todos no céu. Se Cristo tivesse sido esperto não teria morrido na cruz.
O bobo é sempre tão simpático que há espertos que se fazem passar por bobos. Ser bobo é uma criatividade e, como toda criação, é difícil. Por isso é que os espertos não conseguem passar por bobos. Os espertos ganham dos outros. Em compensação os bobos ganham a vida. Bem-aventurados os bobos porque sabem sem que ninguém desconfie. Aliás não se importam que saibam que eles sabem.
Há lugares que facilitam mais as pessoas serem bobas (não confundir bobo com burro, com tolo, com fútil). Minas Gerais, por exemplo, facilita ser bobo. Ah, quantos perdem por não nascer em Minas!
Bobo é Chagall, que põe vaca no espaço, voando por cima das casas. É quase impossível evitar excesso de amor que o bobo provoca. É que só o bobo é capaz de excesso de amor. E só o amor faz o bobo.           (Clarice Lispector)

Kisses, Iasmim Lins :*

sábado, 18 de junho de 2011

Quero tudo novo de novo...


Quero não sentir medo. Quero me entregar mais, me jogar mais, amar mais.Viajar até cansar. Quero sair pelo mundo. Quero fins de semana de praia. Aproveitar os amigos e abraçá-los mais. Quero ver mais filmes e comer mais pipoca, ler mais. Sair mais. Quero um trabalho novo. Quero não me atrasar tanto, nem me preocupar tanto. Quero morar sozinha, quero ter momentos de paz. Quero dançar mais. Comer mais brigadeiro de panela, acordar mais cedo e economizar mais. Sorrir mais, chorar menos e ajudar mais. Pensar mais e pensar menos. Andar mais de bicicleta. Ir mais vezes ao parque. Quero ser feliz, quero sossego, quero outra tatuagem. Quero me olhar mais. Cortar mais os cabelos. Tomar mais sol e mais banho de chuva. Preciso me concentrar mais, delirar mais.Não quero esperar mais, quero fazer mais, suar mais, cantar mais e mais. Quero conhecer mais pessoas. Quero olhar para frente e só o necessário para trás. Quero olhar nos olhos do que fez sofrer e sorrir e abraçar, sem mágoa. Quero pedir menos desculpas, sentir menos culpa. Quero mais chão, pouco vão e mais bolinhas de sabão. Quero aceitar menos, indagar mais, ousar mais. Experimentar mais. Quero menos “mas”. Quero não sentir tanta saudade. Quero mais e tudo o mais. “E o resto que venha se vier, ou tiver que vir, ou não venha".

Kisses, Iasmim Lins (:

quinta-feira, 16 de junho de 2011

tomorrow...



Há momentos na vida da gente, que a gente se pergunta por que é que as coisas são assim. São nesses momentos, que paramos para refletir sobre o real sentido das coisas... descobrindo assim as certezas e as INcertezas da vida que a gente vem carregando desde de sempre. O interessante disso tudo, é que não é apenas questão de rever os principios, mas é questão de rever a sí mesmo, em quem você se tornou em como você interage com as pessoas, se perguntar por que as coisas são assim não adianta em nada se você não demonstra pra você mesmo o seu brilho, a sua força, a sua garra, o seu carisma, o seu alto astral, o seu vigor, sua juventude. Não basta apenas mostrar pra você mesmo, você deve agarrar isso com tudo, e provar pra todo mundo do que você é capaz e COMO você se dispoe a encarar seu medos e seus tropeços de cabeça erguida, de peito aberto, sem medo, sem preceitos, sem esquecer de quem você realmente é de que como você realmente gostaria de ser. É com esse pensamento que você abre as portas de você mesmo para que o seu verdadeiro EU mostre a todos quem está por dentro e abrindo essa porta, também, é que você consegue trazer pra dentro, interagir com o exterior, absorver as coisas. Nessas horas, temos que ficar atentos e criar um filtro para drenar tudo de ruim e absorvermos somente o bom, o agradavel, o doce. Se você consegue acordar todos os dias, com o brilho nos olhos, disposto a enfrentar seus medos, e dar um tapa nos inimigos, você consegue obter de você mesmo e dos outros tudo aquilo que você sonha, tudo aquilo que você quer. É a capacidade de nos apaixonarmos todos os dias é que nos faz criar asas e alçar vôo rumo a lugares mais distantes, mais bonitos. O fogo inocente dos olhos de uma criança, o brilho curioso, é o que devemos ter para conseguirmos sonhar, viver, sorrir e crescer. 
E para finalizar, uma citação, essa é para todos vocês então decore:
"Amanhã será tomorrow" - Falcão

Pedro Bial
Begs Begs, Larissa Sobral. :*(kkkkkkkkk)

quarta-feira, 15 de junho de 2011

Por quem você espera?


"Lá está ela, mais uma vez. Não sei, não vou saber, não dá pra entender como ela não se cansa disso. Sabe que tudo acontece como um jogo, se é de azar ou de sorte, não dá pra prever. Ou melhor, até se pode prever, mas ela dispensa. Acredito que essa moça, no fundo gosta dessas coisas. De se apaixonar, de se jogar num rio onde ela não sabe se consegue nadar. Ela não desiste e leva boias. E se ela se afogar, se recupera. Estranho e que ela já apanhou demais da vida. Essa moça tem relacionamentos estranhos, acho que ela está condicionada a ser uma pessoa substituta. E quem não é?A gente sempre acha que é especial na vida de alguém, mas o que te garante que você não está somente servindo pra tapar buracos, servindo de curativo pras feridas antigas?A moça…ela muito amou, ama, amará, e muito se machuca também. Porque amar também é isso, não? Dar o seu melhor pra curar outra pessoa de todos os golpes, até que ela fique bem e te deixe pra trás, fraco e sangrando. Daí você espera por alguém que venha te curar.Às vezes esse alguém aparece, outras vezes, não. E pra ela? Por quem ela espera?E assim, aos poucos, ela se esquece dos socos, pontapés, golpes baixos que a vida lhe deu, lhe dará. A moça – que não era Capitu, mas também têm olhos de ressaca – levanta e segue em frente. 
Não por ser forte, e sim pelo contrário… Por saber que é fraca o bastante para não conseguir ter ódio no seu coração, na sua alma, na sua essência. E ama, sabendo que vai chorar muitas vezes ainda. Afinal, foi chorando que ela, você e todos os outros, vieram ao mundo.”
(Caio Fernando Abreu)

Beijos, Larissa Sobral.

You tell me, who I am?

          
          Eu correrei até meus pés arderem, eu gritarei até as cordas vocais reduzirem minha essência ao pó. Eu chorarei até as lágrimas secarem em meu rosto e fecharei os olhos até que a escuridão torne-se tão vívida quanto à luz outrora. Eu farei o que precisar ser feito, e então me dirás que sou? Eu me jogarei de uma árvore até que meu corpo esteja tão dolorido que os gritos saíam sem minha permissão. E eu viverei tão intensamente até que eu perca o controle dos meus próprios atos. E então, me dirás quem sou? Implorarei, se necessário. E cantarei, e escrever-se-ia em papéis infinitos tudo que queres que eu escreva. E então, me dirás quem sou? Farei o que quiseres em troca da resposta que tanto procuro. Sussurra baixo no meu ouvido enquanto  durmo. Diga em sonhos, desenhe pensamentos. Sussurra quem sou eu, por favor. Por favor. (Jéssyca)

Kisses, Iasmim Lins ;*

segunda-feira, 13 de junho de 2011

São só garotos...


Coitados de vocês, homens, que jamais saberão como é gostosa a sensação de sempre ter a preferência. Vocês que nunca poderão pôr a culpa na cólica ou na TPM; que jamais verão graça em perder um dia todo no shopping, só vendo as vitrines. Oh, homens, que não sabem como é revigorante falar sobre todo e qualquer assunto com suas amigas; que não têm ideia de como é traumatizante quebrar uma unha; não entendem, de verdade, como é triste acordar com o cabelo oleoso. Vocês, homens, tão ingênuos, nunca enfrentarão a indecisão na hora de escolher um esmalte. Não irão, nem ao menos, poder seduzir alguém fazendo somente um biquinho de birra. Homens, que acreditam serem superiores, nem sabem como é gostoso e, ao mesmo tempo, cruel estar sobre um salto agulha. Homens, meninos, caras, garotos... nunca entenderão quão importante é passar lápis nos olhos antes de sair de casa; quão triste o final de "O Diabo Veste Prada" realmente é; quão sexy um cara inteligente pode ser. Jamais terão ideia de como é legal não precisar atravessar a rua na faixa, já que alguns caras doentes param pra que você possa passar. Vocês, inocentes, que não imaginam quantas coisas descobrimos durante nossas conversas rotineiras de banheiro; que não sabem como é gostoso morrer de chorar com um pote de sorvete no colo. Homens que jamais poderão reclamar de um corte na perna feito pela gillette durante o banho; que jamais perceberão como é difícil entender um cara; que jamais poderão gritar ao ver uma barata ou qualquer outro inseto; que jamais, jamais mesmo, poderão ficar em casa só de baby look e calcinha. Vocês, homens, que nunca sentirão a tão comentada, e totalmente feminina, dor da rejeição; que jamais saberão como é triste viver sendo paranóica, ciumenta e temerosa de ser substituída. Jamais esfregarão uma perna na outra, tentando afastar uma leve onda de excitação repentina; jamais saberão como é gostosa a sensação que te obriga a morder os lábios ao ver o peito nu de um cara gato; jamais entenderão o prazer existente que há em ler um romance. Homens, pobres homens, que não sabem, nem nunca saberão, como é gostoso chorar quando há um cara realmente preocupado contigo te abraçando; como é revigorante usar um vestidinho leve quando o calor está infernal; como é comum e extremamente natural o ato de chorar até dormir, molhando todo o travesseiro. Vocês, garotos, que nunca terão ideia de como nossos assuntos são interessantes e, mais do que isso: masculinos. Nunca poderão ficar o dia todo com as pernas cruzadas. Nunca poderão cantar loucamente, mesmo estando sozinhos, refrões como "HOW DO I GET YOU ALONE?!!!!" e, portanto, nunca entenderão como é gostosa a sensação de gritar enquanto se canta. Nunca poderão fazer vozes estranhas enquanto brincam um bebê ou um animal. Nunca, vão poder passar um batom básico porque acordaram com a boca sem cor, e, devido a isso, jamais saberão como é revigorante acordar dispondo de uma rica quantidade de batons - úteis ou não. Homens, simplesmente homens, que jamais entenderão como é frustrante usar uma calça com a calcinha marcada; que jamais saberão como é gostosa a sensação de saber que o cara está afim de ti e ficar somente provocando. Homens que nunca poderão reclamar de uma garota-sem-atitude; que nunca poderão fazer balé sem serem julgados; que nunca entenderão nosso mundo; que nunca entenderão que, para nós, coisas pornográficas (como revistas, filmes...) são motivos de risos e não de tesão; que nunca saberão como é bom ficar excitada sem aparentar. Garotos, coitados de vocês, que não podem bater na bunda de ninguém; que não podem falar sobre certos assuntos com seus amigos; que não entendem a graça fantástica por trás de "Romeu e Julieta" e acham que é somente mais uma mera história romântica barata. Pobres são vocês, homens, sempre tão garotos, que são completamente abatidos por uma gripe básica e dizem ser fortes. Oh, meninos, coitados, que têm que lidar com todos os pensamentos de garotas ao longo de suas vidas sem jamais conseguir entender um deles sequer. Vocês entenderiam se ao menos, prestassem mais atenção.

Porque pensem, meninas, um garoto de verdade não vai se importar com o tamanho do seu sutiã, com a grossura das tuas coxas, se você tem bunda grande, e nenhum sinal de barriga. Um garoto de verdade vai reparar no teu sorriso, no modo como você coloca o cabelo para trás da orelha quando está nervosa, na tua risada, no modo em que seus lábios se movem enquanto você fala, no teu jeito histérico ao ver um filme de terror, no teu jeito estranho de correr, nas tuas manias, nos teus gestos exagerados e na forma como você pronuncia o nome dele. Vai procurar sempre te ouvir, e mesmo que seja difícil, vai se esforçar para te entender. Um garoto de verdade vai te amar pelo teu conteúdo, pela tua essência, e não pela embalagem.

Beijos, Larissa Sobral.

sexta-feira, 10 de junho de 2011

Não importa aonde você esteja, *-*


Ei garotos, prestem atenção nisso. Garotas gostam que você as escute, olhando em seus olhos, por mais que elas fiquem envergonhadas de olhar nos seus. Garotas gostam que vocês sejam sinceros e não respondam que “tanto faz”. Garotas gostam de se sentirem importantes, mas não só em gestos, vocês têm que dizer isso.  Garotas gostam de atenção. Gostam de se sentir amadas, queridas, desejadas e respeitadas. Garotas não gostam de serem tratadas como “qualquer uma”. Não gostamos quando vocês falam mal dos nossos gostos, nós somos sentimentais, gostamos de coisas fofas, como “minha pequena, meu amor, meu bebê, minha linda”, aprendam isso. Gostamos quando vocês nos abraçam sem a gente pedir, gostamos que vocês nos tratem bem na frente de qualquer pessoa, até mesmo perto dos seus amigos. Mas o mais importante, gostamos quando  vocês dizem que nos amam verdadeiramente. Nada importa, quando se refere a atitude em relação a quem você ama, ela surge em qualquer lugar e a qualquer momento = )

Está chegando, (yn) Faltam apenas dois dias para o dia dos namorados, e quero mostrar para vocês um texto, muito fofo .-. Espero que gostem :D

(...)
Era dia dos namorados, e eu estava sentada no sofá da minha casa, recostada no seu ombro, comendo chocolates em forma de coração, que ele havia me dado, enquanto ele acariciava meus cabelos, eu sentia o cheiro bom e forte do seu perfume, que me encantava. Enquanto várias lembranças dominavam meus pensamentos. Fechei os olhos instintivamente.

“– Dá pra sair daqui? Você está me atrapalhando – Disse irritada, enquanto ele bagunçava meu cabelo, e eu tentava ler.
– Fala sério, coisa feia. Você só ta fingindo ler – disse ele finalmente parando e se sentando ao meu lado. – Posso te fazer uma pergunta?
– Dá para fazer esse pergunta, quando eu terminar de fingir que estou lendo? – ironizei, ele pela primeira vez estava me olhando sério. – Ok, pode fazer.
Eu fechei o livro, me endireitei na cadeira e olhei para ele.
– Você promete que vai responder? – perguntou ele.
– Prometo.
– A verdade? – ele perguntou, ele me conhecia muito bem para saber o quanto eu era esperta, para fugir de alguma situação.
– Tem que ser a verdade? – perguntei desconfiada, ele me passou um olhar firme. – Tá bom a verdade.
Ouve um momento de grande silêncio, só conseguia ouvir o som da nossa respiração, nossos olhares se encontraram e ele segurou minha mão firme, eu me sentia segura com ele. Por trás de todas as nossas brigas, xingamentos, tapas e discussões. Existia um grande sentimento. Até que ele falou.
– Você acreditaria se eu dissesse que me apaixonei?
Ok, o primeiro pensamento que invadiu minha mente foi: “AAAAAAAAAAA”. Não tenho certeza, mas devo ter ficado muito vermelha. Respirei fundo.
– Você acreditaria se eu dissesse que eu também? – Isso não foi uma resposta como eu havia prometido, mas foi a única coisa que eu consegui falar. E de uma coisa eu tenho certeza, isso foi suficiente.
Ele sorri sem graça, alisa meu rosto, e me puxa para um beijo. ”

É foi assim que tudo começou, faz dois anos que estamos namorando, e como a vida não é sempre um mar de rosas, existe uma coisa, alias uma pessoa que está conseguindo com muita frequência me tirar do sério.
Olhei para ele, que provavelmente deve ter notado o meu olhar ansioso e preocupado.
O que foi minha linda? perguntou ele.
– Estou com medo. – admiti.
– Medo de que? – ele me olhou surpreso.
– De te perder.
– E porque isso aconteceria?
– Porque ela é melhor que eu em tudo. Ela é simpática, adorável, bonita, atraente e perfeita. Enquanto eu sou chata, grossa, ignorante, fria e imperfeita. O que eu tenho que ela não tem?
– Meu coração. – ele foi sincero e direto.
– Antes eu não queria gostar de você – Falei sorrindo, enquanto acariciava seu rosto. – Mas agora percebo que isso foi à melhor coisa que poderia ter acontecido na minha vida.
 Se ele me chama de chata, de feia, bagunça meu cabelo, tem ciúmes de mim com todo mundo, fica me olhando igual um bobo, sorri só por eu estar ali, pega “sem querer” na minha mão, gosta de deitar no meu colo, gosta de sentir meu cheiro, passa horas e horas me esperando no MSN. Me deixou um conselho: nunca, nunca mesmo, deixe que eu vá.  Uma coisa é certa ‘Ele me ama’.
Fim...


Kisses, Iasmim Lins =*

quinta-feira, 9 de junho de 2011

eu quero mais que um, mais que mil, mil e um ♫


29 músculos em movimentos. Batimentos cardíacos vão de 60 a 150. Perda de até 12 calorias em 10 segundos. Transmissão de cerca de 250 mil bactérias.
Ah, fala sério! Beijar é muito bom! E tem melhor forma de comemorar o Dia dos Namorados? Haha.
Sabemos que existe vários tipos de beijo, na testa que significa respeito, na bochecha, amizade, na boca... bem, na boca fica ao seu critério. ;P
Mas preste atenção e descubra nesse post, como é o beijo do seu cat, ou se estiver solteira, aproveita pra escolher sua próxima vitima! :9

Áries (21/3 a 20/4)
o beijo do ariano é alucinante. Este gato gosta de conduzir e ditar o ritmo, alternando força e suavidade. Cheio de entusiasmo e calor, ele faz tudo para envolver e surpreender a garota.
(beijos quentes e surpreendentes? Hmm, que delicia :9 acho que eu quero um ariano, haha )

Touro (21/4 a 20/5)
o beijo do taurino é capaz de deixá-la arrepiada, já que ele faz questão de beijar com sensualidade e paixão. Quanto mais interessado estiver, mais envolventes serão os beijos dele.
(sensualidade + paixão + arrepios = fila para conseguir taurinos)

Gêmeos (21/5 a 20/6)
criativo, ele gosta de inovar e vive inventando novas técnicas para fugir da monotonia. O beijo do geminiano é descontraído e superenvolvente, daqueles que dá vontade de repetir assim que acaba.
( é desse ai que a pessoa fica viciada, o.o)

Câncer (21/6 a 21/7)
para o canceriano, beijo é sinal de entrega, por isso, só acontece quando o carinha está gostando pra valer. Suave, romântico e apaixonado, ele vai envolvendo a garota aos poucos e cada vez mais.
(sem comentários, *-*)


Leão (22/7 a 22/8)
forte, dominador, quente... O beijo do leonino é de tirar o fôlego do par. Ele faz questão de caprichar pra mostrar o quanto é envolvente. E ele está certo, este beijo é inesquecível!
(OMG, Leoninos, se apresentem!)


Virgem (23/8 a 22/9)
o jeito mais quietinho do virginiano esconde um beijo quentíssimo. Ele começa tímido e vai ficando intenso aos poucos. Quando a garota se dá conta, já está perdidamente apaixonada!
(os quietinhos são os piores, o.o )

Libra (23/9 a 22/10)
ele é equilibrado e procura entregar um beijo perfeito: nem frio, nem quente. Nem rápido, nem devagar. Quando está a fim, este garoto capricha super, só para agradar a garota de quem gosta.
(Em busca do equilíbrio? Ta ai sua balança! .-.)


Escorpião (23/10 a 21/11)
misterioso e cheio de energia, o beijo do escorpiano é o mais caliente do Zodíaco e deixa qualquer garota nas nuvens. Este menino transborda sensualidade e faz de TUDO para surpreender a amada. 
(LOL, esse ai parece bom até pra quem olha! õ/ kkkkk’)


Sagitário (22/11 a 21/12)
o beijo do sagitariano é como ele: divertido, ousado e criativo. O carinha consegue transmitir paixão, sinceridade e liberdade, tudo ao mesmo tempo. Difícil não se apaixonar.(para as ousadas, que gostam de ser livres... um sargitariano no capricho por favor!))

Capricórnio (22/12 a 20/1)
o beijo do capricorniano fica mais quente à medida em que ele conhece a garota de verdade. Em uma primeira ficada, o menino se mostra mais tímido, porém, se rolar um repeteco, ele se entrega pra valer.
(e na terceira ficada, já vão estar tirando a roupa, certo Sr. Briano? kkkkkkkkkkkkkk)


Aquário (21/1 a 19/2)
com entusiasmo de sobra, o aquariano quer mais é inovar. Por isso, nunca dá pra saber o que vem por aí. Ele é imprevisível e
adora inventar moda, inclusive durante os beijos.
(quem não quer um aquariano pra descobrir o que ele preparou pra você? '6)


Peixes (20/2 a 20/3)
ele deixa fluir todo o romantismo na hora de beijar e faz tudo o que pode para agradar a garota. Ardente, sensual e cheio de emoção, o beijo do pisciano é um arraso pra ninguém botar defeito!
(Quem quer um desses de presente? *-*)


E pra quem ainda ta em dúvida, só tenho uma solução: Experimente todos e depois você decide qual é o melhor! (6)

Beijos, Larissa Sobral. :*


quarta-feira, 8 de junho de 2011

O importante é surpreender, :D


Ok, meninas e MENINOS. Estou aqui para falar de uma coisa muito importante. O dia dos namorados está chegando e os meninos acabam quebrando a cabeça para saber como nos agradar. Essa não é uma tarefa fácil, todos sabemos. Mas afinal, do que nós gostamos? O que queremos? É claro, que os gostos variam de garota para garota, depende da personalidade de cada menina. Há aquela garota mais romântica, onde a declaração de amor mais perfeita acompanhada de um rosa seria o melhor presente. Há também aquela garota que prefere sair para jantar ou assistir a um bom filme. Mais de uma coisa eu tenho certeza, independentemente da personalidade, do estilo e dos gostos das meninas, nós adoramos ser surpreendidas. “Surpresa” essa é a palavra chave. Quanto mais único melhor.

Para ajudá-los, decidi criar uma pequena listinha das coisas que mais gostamos.

 

1-      Flores e chocolates.

Pode parecer clichê, mas qual garota não se derrete toda ao ganhar um presente desses? Nos faz nos sentir dentro de um daqueles filmes onde um “Viveram Felizes para Sempre” é mais do que obrigatório.

2-      Bichinhos de pelúcia

Tem coisa mais fofa do que receber um super urso daqueles bem gostosos de apertar? E ela ainda vai poder dormir agarrada com ele toda noite, já que com você, pode ser complicado.  kkkk’ . Mas seja criativo, há uma enorme variedade de bichos e quanto mais divertido ele for, melhor.

3-      Convide-a para jantar

Nada mais romântico do que um jantar a dois. Vocês poderão conversar e se curtir a noite toda.

4-      Declarações

Parou tudo. Acredito que essa seja a parte principal do presente. Afinal, quem não gosta de receber aquela super declaração da pessoa amada? *-* Use e abuse da sua criatividade, garoto! A várias formas de se declarar, mas uma coisa é certa. Um simples EU TE AMO, pode fazer toda a diferença. ;P

5-      Se ligue

Ah, véi, para de perder seu tempo lendo isso, e vai logo comprar aquela calça mega cara que ela viu naquela loja quando vocês passaram por lá, e ela olhou pra você com os olhos piscando e com uma voz manhosa falou: “Poxa, essa calça ia ficar perfeita em mim!” porque o que ela realmente queria dizer é “Compra pra mim porque vai realçar minha bunda!” :D  #Brincadeira. :x – Larissa Sobral


Ai, ai Larissa, ¬¬'

Beijos, Iasmim Lins


terça-feira, 7 de junho de 2011

Semana dos Namorados, ♥


Para entrar no clima do famoso 12 de Junho, decidimos passar a semana in love postando coisas fofas relacionadas ao assunto, *-* então se você está namorando, aproveite õ/ mas pra quem está #foreveralone... triste pra você, colega  não se preocupe! Também pensamos em vocês, haha.
Para começar, postarei um trecho de uma história muito linda, escrita por uma grande amiga a E. Augusto .-. Te amo, gata! ;P
Espero que gostem, beijos. :*

(...)

Meia-noite

“Por besarte mi vida cambiaria en un segundo tú serias mi equilibrio, mi destino y besame. Solo así podré tenerte eternamiente en mi mente”

Levantei e ele acompanhou meu movimento, prendeu meu corpo contra o seu com o seu braço direito, e com o esquerdo, conferiu as horas em seu relógio de pulso.
- Um minuto, por favor – ele sussurrou enterrando o rosto no meu cabelo.
- Que horas são? – perguntei retribuindo o afago.
- Falta um minuto para a meia-noite – ele respondeu e abaixou seu rosto até roçar nossos lábios. Pouco mais de um minuto, foi o tempo que durou o beijo. – Obrigado – ele me abraçou forte e beijou meu cenho, deixando que em seguida eu escapulisse para casa. Meio confusa por causa do agradecimento, mas não querendo me preocupar com isso.
- James – ele disse alto, quando eu girava a maçaneta da porta;
- Prazer. Isabella – sorri e respondi.
- Eu sei – li em seus lábios algo parecido com isso. Ele disse baixo de mais pra que eu pudesse ouvir.
Entrei em casa antes de vê-lo partir.

(...)



O fim

“Vai dizer que o tempo não parou naquele momento? Eu espero por você o tempo que for pra ficarmos juntos mais uma vez”

- Mas bem, quando vai voltar a vê-lo? – ela perguntou e eu sacudi os ombros. – Ah. Quem tem, realmente não valoriza – Alice revirou os olhos e eu suspirei.
- Eu valorizo. A minha maneira – ela bufou e eu a ignorei. – Mas me fale de você – desconversei antes que aquilo virasse tema de uma grande discussão. – E esse pacote? – tentei e acertei em cheio. Um sorriso contagiante se abriu em seu rosto.
- Eu também ganhei um presente pelo dia de São Valentim – ela começou.
Foi a única coisa que ouvi dos minutos – até horas – em que ela tagarelou.
Ela também tinha sido presenteada pelo dia de São Valentim. Repeti mentalmente a palavra “também” e tentei interpretá-la.

- Acho que... Preciso ir
[...] Levantei e ele acompanhou meu movimento, prendeu meu corpo contra o seu com o seu braço direito, e com o esquerdo, conferiu as horas em seu relógio de pulso.
- Um minuto, por favor – ele sussurrou enterrando o rosto no meu cabelo.
- Que horas são?
[...] - Falta um minuto para a meia-noite – ele respondeu e abaixou seu rosto até roçar nossos lábios.
[...] – Obrigado – ele me abraçou forte e beijou meu cenho, deixando que em seguida eu escapulisse para casa.

Ele se sentia presenteado. Presenteado com um beijo meu.
Um sorriso involuntário encheu meu rosto.
Eu não sabia quando voltaria a vê-lo, mas sentia que não demoraria muito, e enquanto esse reencontro não chegasse, eu estava satisfeita com meu presente - seu beijo, sua magia; ele.

Fim...


Beijos, Larissa Sobral :*

domingo, 5 de junho de 2011

Ei! Sorria...


Mas não se esconda atrás desse sorriso...
Mostre aquilo que você é, sem medo.
Existem pessoas que sonham com o seu sorriso, assim como eu.
Viva! Tente! A vida não passa de uma tentativa.
Ei! Ame acima de tudo, ame a tudo e a todos.
Não feche os olhos para a sujeira do mundo, não ignore a fome!
Esqueça a bomba, mas antes, faça algo para combatê-la, mesmo que se sinta incapaz.
Procure o que há de bom em tudo e em todos.
Não faça dos defeitos uma distancia, e sim, uma aproximação.
Aceite! A vida, as pessoas, faça delas a sua razão de viver.
Entenda! Entenda as pessoas que pensam diferente de você, não as reprove.
Ei! Olhe... Olhe a sua volta, quantos amigos...
Você já tornou alguém feliz hoje?
Ou fez alguém sofrer com o seu egoísmo?
Ei! Não corra. Para que tanta pressa? Corra apenas para dentro de você.
Sonhe! Mas não prejudique ninguém e não transforme seu sonho em fuga.
Acredite! Espere! Sempre haverá uma saída, sempre brilhará uma estrela.
Chore! Lute! Faça aquilo que gosta, sinta o que há dentro de você.
Ei! Ouça... Escute o que as outras pessoas têm a dizer, é importante.
Suba... faça dos obstáculos degraus para aquilo que você acha supremo,
Mas não esqueça daqueles que não conseguem subir a escada da vida.
Ei! Descubra! Descubra aquilo que há de bom dentro de você.
Procure acima de tudo ser gente, eu também vou tentar.
Ei! Você... não vá embora.
Eu preciso dizer-lhe que... te adoro, simplesmente porque você existe.

(Chales Chaplin)


quinta-feira, 2 de junho de 2011

E daí? Eu adoro voar...


Já escondi um amor com medo de perdê-lo, já perdi um amor por escondê-lo. Já segurei nas mãos de alguém por medo, já tive tanto medo, ao ponto de nem sentir minhas mãos. Já expulsei as pessoas que amava da minha vida, já me arrependi por isso. Já passei noites chorando até pegar no sono, já fui dormir tão feliz, ao ponto de nem conseguir fechar os olhos. Já acreditei em amores perfeitos, já descobri que eles não existem. Já amei pessoas que me decepcionaram, já decepcionei pessoas que me amavam. Já passei horas na frente do espelho tentando descobrir quem eu sou, já tive tanta certeza de mim, ao ponto de querer sumir. Já menti e me arrependi depois já falei a verdade e também me arrependi. Já fingi não dar importância as pessoas que me amava, para mais tarde chorar quieta em meu canto. Já sorri chorando lágrimas de tristeza, já chorei de tanto rir. Já acreditei em pessoas que não valiam a pena, já deixei de acreditar nas que realmente valiam. Já tive crises de risos quando não podia. Já quebrei pratos, vasos e copos de raiva. Já senti muita falta de alguém, mas nunca lhe disse. Já gritei quando deveria calar, já calei quando deveria gritar. Muitas vezes deixo de falar o que penso para agradar uns, outras vezes falei o que não pensava e terminei magoando outros. Já fingi ser o que não sou para agradar uns, já fingi ser o que não sou para desagradar outros. Já contei piadas e mais piadas sem graça, apenas para ver um amigo feliz. Já inventei histórias com um final feliz para dar esperança para quem precisava. Já sonhei demais, ao ponto de confundir com a realidade. Já tive medo do escuro, hoje no escuro “me acho, me agacho, fico ali.” Já caí inúmeras vezes achando que não iria me reerguer, já me reergui inúmeras vez vezes achando que não cairia mais. Já liguei para quem não queria apenas para não ligar para quem eu realmente queria. Já corri atrás de um carro, por ele levar embora quem eu amava. Já chamei pela mamãe no meio da noite fugindo de um pesadelo. Mas ela não apareceu e o pesadelo foi maior ainda. Já chamei pessoas próximas de amigo e descobri que não eram... Algumas pessoas eu nunca precisei chamar de nada e sempre foram e sempre serão especiais para mim. Não me deem formulas certas, porque eu não espero acertar sempre. Não me mostrem o que esperam de mim, porque vou seguir meu coração! Não me façam ser o que não sou, não me convidem a ser igual, porque sinceramente sou diferente! Não sei amar pela metade, não sei voar com os pés no chão. Sou sempre eu mesma, mas com certeza não seria a mesma sempre! Gosto dos venenos mais lentos, das bebidas mais amargas, das drogas mais poderosas, das idéias mais insanas, dos pensamentos mais complexos, dos sentimentos mais fortes. Tenho um apetite voraz e dos delírios mais louco. Você pode até me empurrar de um penhasco que irei dizer : E daí? Eu adoro voar!

Beijos, Iasmim Lins :*